A história sobre o Halloween que os Brasileiros não sabem | Planet School - Método Callan
Escola de idiomas
11 97497-1170
11 4796-9178
mensagem pelo whatsapp

A história sobre o Halloween que os Brasileiros não sabem

Planet School

Marketing

A história sobre o Halloween que os Brasileiros não sabem
Com mais Brasileiros interessados em falar Inglês e indo viajar para os Estados Unidos, o famoso dia das Bruxas passou a ser uma festa divertida por aqui.
 
Mas, afinal de contas como surgiu este dia e por que ele é tão amado pelos americanos?
 
Senta que lá vem história! Nós vamos te contar tudo.
 
A primeira coisa você já pode anotar é sobre o nome “Halloween”, trata-se do termo “All Hallow’s Eve’’, que traduzido significa “Véspera de todos os Santos”, no inglês antigo.
 
Mas qual é a origem do Halloween?
 
Muitos historiadores relatam que o Halloween foi o resultado de uma mistura da cultura religiosa pagã e cristã. 
 
A sua origem pagã vem com o Samhain, que era um festival feitos pelos Celtas da Península Ibérica e da Europa Central para celebrar a colheita e aos mortos.
 
O Samhain acontecia na noite de 31 de Outubro para 1 de Novembro, e simbolizava um momento de transição para os celtas, pois era quando o ano acabava e iniciava outro.
Isso mesmo, a primeira origem do Halloween era o Réveillon dos Celtas.
 
Nesta grande festa, os Celtas acreditavam que os limites entre o mundo real e espiritual deixavam de existir, então era preciso iluminar as vilas e caminhos para afastar os espíritos maus, além disso eles também  esculpiam rostos assustadores em nabos. E é claro as fantasias e máscaras serviam como disfarce para os espíritos indesejados.
 
Já sobre a Cultura Cristã, a estratégia foi um pouco diferente. A Igreja da Idade Média estava focada em propagar o cristianismo por toda a parte e a ideia do papa Gregório III foi de se apropriar de todas as práticas pagãs e torná-las sagradas, incluindo o Samhain. 
O papa decide então que no dia 1 de Novembro seria o dia de exaltar os santos que ja morreram. Embora tenha sido uma decisão só exclusiva para a diocese de Roma, algumas décadas depois, todas as regiões adotaram e este dia ficou determinado como All Sainst’s Day, o Dia de Todos os Santos.
 
Mas, essa medida não era suficiente para combater o festival Samhain. Os historiadores não sabem ao certo como tudo se consolidou, mas foram encontrados registro no século XVI que fazem menção a um período chamado Allhallowtide, que se estendia de 31 de Outubro a 2 de novembro na seguinte divisão:
 
1. All Hallow’s Eve – comemorado em 31 de outubro como a véspera do Dia de Todos os Santos.
2. All Saints’ Day – comemorado em 1º de novembro como Dia de Todos os Santos. Era uma data de veneração aos santos da Igreja.
3. All Souls’ Day – comemorado em 2 de novembro como Dia de Finados. Data dedicada a oração dos fiéis da Igreja e daqueles que estavam no purgatório.
 
Mesmo com essa medida, as práticas do festival Celta ainda continuavam e podiam ser vistas através fogueiras, velas, máscaras e fantasias. 
 
A chegada do Halloween nos EUA
 
Em algum momento da enorme migração dos irlandeses no século XIX aos Estados Unidos, a festa começa a aparecer de um jeito muito limitado pelos puritanos. 
 
Alguns elementos e traços da cultura irlandesa vão ficando mais evidentes e tradicionais aos americanos e depois de um tempo, o Halloween ganhar fama no país e hoje mobiliza em média 170 milhões de pessoas que gastam bilhões de dólares nela.
 
Ok! Mas e os doces ou travessuras?
 
Se você também ficou com essa dúvida, nós vamos explicar!
Durante o Samhain, os Celtas passavam de porta em porta pedindo contribuições para que a festa fosse realizada. Além de pedir animais para os sacrifícios exigidos pelos sacerdotes religiosos. 
 
Séculos depois, quando o Samhain se tornou o Allhallowtide, os cristãos ressignificaram a prática. As crianças iam nas casas para cantar canções ou até mesmo fazer orações pelos fiéis que estavam em purgatório. Em troca elas recebiam um bolo conhecido como “soul cake”. Não existe uma tradução exata para ele, mas a expressão significava “pão por Deus”.
 
Da década de 1920 em diante, a prática foi resgatada pelos Estados Unidos e totalmente alterada para o que nos conhecemos hoje: as crianças batem a porta e se não recebem doces, podem fazer uma travessura. A famosa frase usada por elas é “trick or treat?” que significa “doces ou travessuras?”.
 
E porquê abóboras?
 
Como vimos no começo os Celtas iluminavam as vilas e esculpiam rostos assustadores em nabos para afastar os espíritos maus. 
 
Além disso, existia uma prática de colocar uma lanterna dentro do nabo e essa prática era oriunda de uma lenda irlandesa chamada “Stingy Jack”.
 
Essa lenda fala de um irlandês chamado Jack que convidou o diabo para tomar uma bebida com ele. Ao final da bebedeira, ele convenceu o diabo a transformar-se em uma moeda para que pudesse pagar a conta. Depois de convencer o diabo, ele pegou a colocou próximo a uma cruz de prata, o que impediu que o diabo voltasse a sua forma normal.
 
Depois ele fez um acordo com o diabo para que pudesse se libertar da forma de moeda, mas tempos depois, Jack enganou novamente o diabo. Depois de ter morrido, Jack não foi aceito no céu por ter feito um trato com o diabo e também não foi aceito no inferno por ter engano o diabo por duas vezes.
 
Jack ficou condenado a vagar pela terra em meio a escuridão e para fazê-lo recebeu um nabo com um carvão em chamas que serviria para que ele pudesse iluminar seu caminho. Assim ficou conhecido como “Jack of the Lantern”, palavra que eventualmente se contraiu para “jack-o-lantern”. Essa é a expressão usada para referir às abóboras que são esculpidas atualmente.
 
A prática foi levada para os Estados Unidos pelos irlandeses, mas como lá havia uma grande quantidade de abóboras, as pessoas passaram a utilizar esse fruto em vez de nabos para esculpir rostos macabros e colocar suas lanternas.
Pamela Cairo

Pamela Cairo

Marketing

Sou publicitária, marketeira e bastante curiosa. :)

 

Leia também:

Alguns conteúdos que podem te interessar

El día de muertos en México

El día de muertos en México

05/11/2020
De seguro has escuchado hablar sobre el día de muertos y como nosotros los mexicanos lo festejamos, esta es una tradición muy antigua y hoy te voy a ...
Apaixonada pela Planet? Sim e com certeza!

Apaixonada pela Planet? Sim e com certeza!

17/08/2020
Eu comecei as aulas na Planet School no ano passado, 2019. Entrei no 5° livro pois já tinha estudado inglês antes. E é nessa história de já ter feito ...
Como o inglês realizou os sonhos da minha vida!

Como o inglês realizou os sonhos da minha vida!

17/08/2020
Hello guys! It’s me again ;) Hoje estou aqui para contar uma história de amor para vocês. Mas calma, não vou contar da minha vida afetiva, ok? Rs. O ...
Método Callan – o que é e como funciona?

Método Callan – o que é e como funciona?

06/08/2020
Alguns alunos ao serem apresentados ao Método Callan tendem a entrar em pânico. Eles acham tudo estranho e intimidante. Acham que nunca poderão ...